oral sin
Especial | ARTIGOS COLUNISTAS

Meio Ambiente

Por que os animais entram em extinção?

Mas é importante lembrar que não são só os animais que podem entrar em extinção, mas todos os seres vivos.

(Foto: divulgação)

Imagine se todos os seres vivos que já passaram por este planeta permanecessem vivos até hoje... Logo logo não haveria mais lugar disponível para todos e os recursos naturais como florestas, rios e lagos não seriam suficientes para alimentar, fornecer água e abrigo para tanto ser vivo.         

Mas é importante lembrar que não são só os animais que podem entrar em extinção, mas todos os seres vivos, como as bactérias, algas e protozoários, os cogumelos e as plantas.         

Todos nós sabemos que os seres vivos nascem, crescem, reproduzem-se e morrem. É como se deixássemos o lugar para quem vier depois, inclusive para os próprios descendentes de cada espécie. Assim, um abacateiro produz sementes que dão origem a novos abacateiros; os leões cruzam com as leoas, que ficam grávidas e depois dão à luz um novo leãozinho; as bactérias se multiplicam e formam novas bactérias e por aí vai.       

A extinção de uma espécie também pode acontecer por causa de outras espécies melhor adaptadas, ou seja, espécies que conseguem se virar melhor para conseguir seu lugar no planeta vencem a chamada luta pela sobrevivência.        

Antes da espécie humana surgir, essas extinções aconteciam de forma natural. Mas de uns tempos pra cá a coisa mudou. O homem interferiu tanto no  meio ambiente que várias espécies de seres vivos não conseguem mais sobreviver, pois estão sendo caçados ou porque os ambientes onde vivem estão sendo destruídos pela poluição ou pelo desmatamento.         

Nós, os seres humanos, não podemos continuar assim, precisamos aprender a cuidar melhor do planeta Terra. Pois essa é a única casa que temos para morar e para deixar para os nossos filhos, netos e bisnetos.

Por: Agência Brasil/EBC