rei do pano
Especial | ARTIGOS COLUNISTAS

Saúde

Janeiro Branco: quem cuida da mente, cuida da vida

O Projeto Janeiro Branco foi criado com intuito de promover esclarecimentos acerca da saúde mental da população, portanto “é uma campanha que busca mostrar às pessoas que elas podem se comprometer com a construção de uma vida mais feliz para si mesma.”

A campanha teve início em 2014 em Minas Gerais na cidade de Uberlândia, sendo uma proposta transdisciplinar. Deste modo a campanha para 2017 em saúde mental tem o tema: “Quem cuida da mente, cuida da vida!” E está sendo realizada em vários estados e cidades do Brasil.

Sendo assim, o intuito é viabilizar logo no primeiro mês do ano a população a olhar para sua condição psíquica/existencial, e a disposição para a vida e novos projetos, já que janeiro é um mês carregado de simbolismos.

Neste sentido ressalta-se que em alguns momentos, as pessoas realizam planos dos quais não se concretizam de acordo com o esperado, e assim aparecem as dificuldades e impotências na condição das quais envolvem o pensar, sentir, agir e viver e observar como estamos vivendo.

Com intuito de olhar com carinho para quem somos a campanha nos ajuda a compreender de uma forma mais clara a realidade que existe dentro de cada um de nós, no que diz respeito aos nossos pensamentos, sentimentos, desejos, afetos, emoções e comportamentos.

Quando se está com medo ou ansioso e não se consegue dominar estes sentimentos, pode - se dizer que aqui existe um sofrimento mental do qual não permite com que o individuo tome uma atitude para superar o medo. Em alguns momentos, seria como se o mesmo se sentisse paralisado. O medo possui a função de paralisar, e então quando nos libertamos dele, conseguimos executar aquilo que gostaríamos com a satisfação de terminar aquilo que até então foi programado.

Sabemos que este tipo de problema quando não solucionado, por vez pode trazer consequências tais como: depressão, transtorno do pânico, diminuição da qualidade de vida, desanimo (não existe vontade de realizar as tarefas do dia a dia que antes tínhamos prazer de fazer), ansiedade, fobias, e outros sintomas orgânicos tais como: insônia, stress, perda ou ganho de apetite, nervosismo, comunicação prejudicada com as pessoas ao nosso redor e também para conosco, não entendendo em alguns momentos o que sentimos.

Vale lembrar que para tudo existe uma solução! A psicoterapia, e o fato de ter um acompanhamento psicológico nos ajuda a vencer boa parte deste problemas. Em sua maioria das vezes o comprometimento do individuo com a sua felicidade e a responsabilidade por si mesmo, traz uma vida mais equilibrada e saudável emocionalmente.

Quem cuida da mente, cuida da vida. Caso esteja difícil, procure ajuda especializada. Nossa saúde emocional é de extrema importância para que a forma da qual vivemos seja saudável.  Você pode se comprometer com a construção de uma vida mais feliz para si mesmo(a).

Tatiana Peres

Psicóloga formada pelo Unicesumar – Maringá – PR desde 2009.

Especialista em Terapia Sistêmica para indivíduos, casais e família pelo CEFI de Porto Alegre – RS; Especialista em Gestão de Pessoas pela Fasipe- Sinop - MT; Analista DISC pela Rede Inteligente de São Paulo - SP e consultora organizacional.

É psicóloga do Hospital Regional de Colider – MT; Atende na Fisiopilates em Colider – MT e no Laboratório Confiança em Nova Canaã do Norte – MT, crianças, adolescentes e adultos; apaixonada por mudar a vida das pessoas e trazer a tona o melhor delas.

Contato: E-mail: [email protected] / +55 (66) 9’99329779

Por: Tatiana Peres