rei do pano
Especial | VARIEDADES

14 de Junho de 2019 ás 08:20:53

Colíder recebe de 15 e 18 de junho o projeto itinerante MT Ciências

Márcio Fernandes diz que objetivo é popularizar a ciência e a tecnologia no município

(Foto: Divulgação)

Desenvolvido pelo Governo de Mato Grosso, o projeto Circuito Itinerante da Ciência de Mato Grosso (MT Ciências) realizará atividades científicas e tecnológicas em Colíder entre os dias 15 e 18 de junho, na Praça Central. A iniciativa tem a parceria da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Educação.

A abertura acontece às 14h do dia 15, com as atividades até às 20h30. De 16 a 18, a visitação será das 8h às 20h30. Os alunos do ensino fundamental e médio terão a oportunidade de participar das oficinas de robótica, ministradas das 7h30 às 17h. Os interessados podem se inscrever antecipadamente via site mtciencias.com.br/inscricoes/.

O secretário Márcio Fernandes diz que objetivo é popularizar a ciência e a tecnologia no município. “O circuito é constituído por uma unidade móvel adaptada, tendas anexas e planetário digital, com 32 instalações, que abordam áreas do conhecimento multidisciplinar e sensibilizam os visitantes para a importância da ciência e da biodiversidade do estado”, informa.

O MT Ciências foi criado a partir da crescente importância que a ciência e a tecnologia têm para o desenvolvimento e a construção de novos conceitos para as sociedades de hoje. “Esse é, com certeza, um projeto de fundamental importância para a promoção de uma cultura científica que propicie melhores condições para a busca do conhecimento”, pontua Márcio Fernandes.

ESTRUTURA

A estrutura do projeto é composta por uma carreta com baú, dividida em quatro salas de visitação, com 22 instalações e um escritório. Na parte externa são montadas duas tendas infláveis com 10 instalações e um planetário digital. A “Sala da Biodiversidade” sensibiliza os visitantes para a importância da ciência e biodiversidade de Mato Grosso, potencialidades, riquezas e biomas que compõem o estado e perpetuação dos valores mato-grossenses.

Na “Sala Ciência da Natureza” são abordados os fenômenos observados na natureza, por meio de experimentos, demonstrando sua relação com os conteúdos de diversas áreas da ciência como biologia, física e química. A sala “Sala da luz, imagem e movimento” possui equipamentos que mostram os aspectos e propriedades da luz, da imagem, do movimento e de fenômenos relacionados.

A última sala da unidade móvel possui auditório com projetor 3D. É um espaço versátil e pode ser utilizado tanto para projeção de filmes quanto para ministrar oficinas, trocar experiências com os visitantes e promover outras atividades relacionadas com o projeto.

Na parte externa do circuito há o planetário digital que proporciona aos visitantes uma imersão nos vídeos projetados em 360º que abordam assuntos de astronomia. Duas tendas infláveis com 10 instalações recepcionam os visitantes.

O projeto conta ainda com kits de robótica, impressora 3D, óculos de realidade virtual, drone, entre outros equipamentos para fomentar a parte tecnológica do projeto, através de oficinas e workshops, ocasionalmente oferecidos.

Por: Assessoria