oral sin
Especial | VARIEDADES

29 de Junho de 2019 ás 09:25:35

Festa junina do CRAS promove confraternização entre famílias de Colíder

Ana Tomiyoshi diz que é preciso fazer com que os nossos vínculos se fortaleçam cada vez mais com essas famílias

(Foto: Assessoria)

Moradores de Colíder participaram na tarde desta sexta-feira (28.06), no ginásio do Centro Múltiplo Uso, no bairro Bom Jesus, da 3ª Festa Junina promovida pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com o Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

A secretária Ana Tomiyoshi diz que o evento reuniu principalmente as famílias assistidas através do Cras e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). “É fazer com que os nossos vínculos se fortaleçam cada vez mais com essas famílias. E a gente fica muito feliz em ver esses sorrisos, principalmente de crianças e idosos”.

O prefeito Noboru Tomiyoshi acrescenta que a festa junina também fortalece o espírito comunitário. “Essa união é o que todos nós devemos ter em nossos corações. E nós temos esse prazer de compartilhar essa alegria com as pessoas daqui dos bairros Maria Antônia, Celídeo Marques e Bom Jesus. Queremos cada vez mais interagir e conversar com a população, trazer a comunidade para dentro da administração municipal”.

Além das comidas típicas tradicionais, como pipoca, arroz doce, paçoca, amendoim, caldos e refrigerantes, e de apresentações folclóricas, as pessoas também tiveram a oportunidade de receber um carinho na Barraca do Abraço. “Estamos compartilhando esse momento de lazer com a população de Colíder. O trabalho do Cras é realmente envolver as famílias e fazer com que elas se sintam bem cuidadas”, pontua a coordenadora do Cras, Márcia Chagas.

Maria dos Santos Cipriano diz que se divertiu muito. “Foi muito bacana. Uma beleza. Uma festa muito bonita e que me deixou muito feliz”, comemora. “Participei de todas as festas juninas realizadas pela Assistência Social. E essa está muito bonita”, acrescenta Maria Silveira.

Maria Baldaia gostou da organização do evento, que este ano ofereceu muitas novidades. “Foi muito bom. O nosso bairro ficou mais alegre e feliz hoje. Até a minha mãe dançou na quadrilha”, comemora. Rosemira Marques participou pela primeira vez. “Vim para dançar com o pessoal da quadrilha do Celídeo Marques. Foi tudo muito animado. Encontrei muitos amigos aqui”, comenta.

Por: Assessoria