oral sin
Especial | VARIEDADES

09 de Julho de 2019 ás 15:23:33

Ex-marido suspeito de assassinar mulher com tiro no rosto se mata após ter esconderijo descoberto pela polícia

Marcos não aceitava o fim do relacionamento com Débora e a matou na segunda-feira. Polícia pediu que ele se entregasse, mas suspeito atirou no próprio queixo e morreu enquanto era socorrido.

(Foto: Facebook/Reprodução)

Um homem que era procurado suspeito de ter matado a ex-mulher dele com um tiro no rosto no Distrito de Caravaggio, município de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (9). De acordo com a Polícia Civil, Marcos Rogério Lima, de 33 anos, atirou contra si mesmo ao ser encontrado em um esconderijo e morreu enquanto era socorrido ao hospital.

Ele era considerado foragido e procurado pela polícia.

Segundo a Polícia Civil, havia informações de que ele estava escondido em um barraco, no Distrito de Caravaggio. Os policiais encontraram a casa fechada, mas o suspeito estava dentro do imóvel.

A polícia pediu que ele abrisse a porta e se rendesse. Os policiais ouviram um tiro e entraram na casa. Marcos havia efetuado um tiro em seu próprio queixo. Ele recebeu socorro, foi colocado na viatura e levado ao Pronto Atendimento de Nova Ubiratã, a 506 km de Cuiabá, mas morreu na unidade médica.

O caso

De acordo com a Polícia Civil, Débora foi atingida no rosto por um tiro de espingarda e socorrida por uma ambulância. Ela teve o rosto desfigurado por conta do disparo.

A vítima foi levada ao Hospital Regional de Sorriso, mas não resistiu e morreu. Débora era mãe de cinco filhos, sendo três filhos de Marcos Rogério. Eles foram casados por 15 anos e se separaram recentemente.

Segundo a Polícia Civil, Marcos não aceitava a separação. Havia, inclusive, uma investigação contra ele no setor de crimes contra mulheres na delegacia.

“Ele chegou de forma sorrateira, pelos fundos da casa, e se deparou com o filho da vítima e a mulher. O filho fez um movimento para tentar defender a mãe. Não deu tempo e ele [o ex-marido] deu um tiro no rosto dela, na frente do filho”, explicou o delegado Nilson Farias.

 

Por: G1-MT