rei do pano
Especial | VARIEDADES

Polícia

16 de Dezembro de 2019 ás 09:00:46

Nortão:Homem registra queixa ao ser ameaçado por mulher que o traiu com um cachorro

A mulher, na tentativa de reatar o casamento, estaria o ameaçando.

Um caso inusitado. Assim analisaram os investigadores da Polícia Civil de Alta Floresta ao receberam na manhã desta sexta-feira 13, um caso de ameaça, mas com uma história cheia de detalhes estranhos e que podem levar uma mulher à responder também por zoofilia. Isso porque a vítima deixou claro que separou da esposa ao flagra-la tendo relação sexual com um cachorro. A mulher, na tentativa de reatar o casamento, estaria o ameaçando.


Tudo aconteceu há cerca de três meses em um estado no sudeste do país. Naquela ocasião, o trabalhador de 42 anos resolveu romper o relacionamento de um ano. “Mandei ela ir embora com o cachorro dela”, conta o homem detalhando que o flagrante até hoje não sai de sua cabeça. “Eu suspeitava que ela estava me traindo. Um dia então fui para casa mais cedo e fiquei – escondido – observando quando ela foi ao banheiro, tomou banho e foi para o quarto. Depois na porta e escutei ela gemendo. Quando abri a porta, o cachorro estava em cima dela “, disse o marido detalhando que a mulher estava totalmente sem roupa, de pernas abertas e o cachorro praticando ato libidinoso.


“Foi repugnante demais. Eu imaginava que tivesse até perdendo para outro homem. Mas para um cachorro, foi demais”, lamenta o trabalhador que pensou na época em fazer besteira. “A revolta foi grande. Mas Deus falou comigo. Apenas pensei, refleti e mandei que ela fosse embora”, assegura.


Mas ficar na mesma cidade para o trabalhador era também frustrante e ele acabou mudando de município e estado. No entanto foi encontrado e agora, se vê ameaçado de morte. “Ela me achou e tem me enviado mensagem, me ligou dizendo que se eu não voltar – reatar o casamento – ela pega uns manos conhecidos dela e manda me matar. Por isso estou pedindo apoio da Polícia”, explicou.


O caso foi registrado na Delegacia e o homem já iria registrar medida protetiva contra a ex-esposa.

Por: Jornal da Cidade