oral sin
Especial | VARIEDADES

Cidades

22 de Janeiro de 2020 ás 15:41:47

Optometristas de Colíder destacam a importância da Optometria

Sua formação permite identificar alterações visuais de ordem patológica ocular

Optometristas de Colíder, destacaram ao site Nortão Online o perfil e a importância da Optometria na saúde visual brasileira. A Organização Mundial de Saúde (OMS) adota oficialmente a Optometria como parte essencial na prevenção da cegueira evitável e promoção da saúde da população, afirmando que o profissional em Optometria é o responsável principal pelo atendimento primário a visão, onde “o exercício da optometria corresponde ao Optometrista por história, formação , conhecimento e maior eficácia com menor custo social.”

A Optometria conta também com a Volunter Optometric Services to Humanity (VOSH), que é uma organização não governamental dedicada a prestar serviços, colaborando em campanhas de Atenção Primária na Saúde Visual e Ocular, a fim de facilitar a prestação de serviço no cuidado visual e ocular primário em nível mundial às pessoas que carecem de acessibilidade para obter o cuidado básico.

Dentre as Organizações Internacionais que desenvolvem programas de saúde visual com optometristas, destaca-se a OMS (Organização Mundial de Saúde), a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), a IAPB (Associação Internacional para a Prevenção da Cegueira), o WCO (Conselho Mundial de Optometria) e a ALDOO (Associação Latino-Americana de Optometria e Óptica).

Conseguimos entender a importância e o reconhecimento das instituições em ter o profissional Optometrista perto da população. O Optometrista é o profissional da área da saúde, responsável pela avaliação primária da saúde visual e ocular.

Formado em Optometria por instituições de ensino devidamente autorizadas, está capacitado para avaliar as anomalias do estado refrativo, sensório motor perceptual e ocular do paciente através da aplicação de provas não invasivas pertinentes. Detectar as alterações da acuidade visual, sensibilidade ao contraste, visão cromática, disfunções e alterações da visão binocular e campo visual.

Realizar avaliação optométrica integral, avaliação ortóptica, exames para adaptação de lentes de contato, filtros terapêuticos, lentes prismáticas, lentes oftálmicas e próteses oculares para a análise, definição e execução de tratamentos, condutas terapêuticas não invasivas e não medicamentosas também estão dentro do seu campo de atuação.

Sua formação permite ainda identificar alterações visuais de ordem patológica ocular (ex. catarata, glaucoma) ou sistêmica (ex. hipertensão, diabetes), nesses casos, encaminhando prontamente o paciente ao profissional médico competente.

Por: Redação