oral sin
Especial | VARIEDADES

Geral

27 de Fevereiro de 2020 ás 07:34:05

Estado é notificado de possível Coronavírus em MT, secretário fala que caso é investigado

As amostras recolhidas do paciente serão encaminhadas para um laboratório do governo estadual

A secretária municipal de Saúde de Alto Taquari (sul de Cuiabá), Deise Coelho, confirma o surgimento de um caso suspeito de Coronavírus (Covid-19).

O paciente é um homem de idade média e deu entrada na rede pública de saúde por volta das 16h desta quarta (26) apresentando os sintomas da contaminação. "A informação procede. O caso foi notificado hoje por volta das 16h como suspeito. O paciente foi atendido, nós tomamos todas as medidas que o protocolo da OMS preconiza em relação ao paciente. Ele esteve em viagem recente para a Itália. Esteve há poucos dias e chegou com sintomas. O quadro é estável, nada grave", confirmou.

O secretário estadual de Saúde nega que o caso esteja sendo tratado como suspeita de Coronavírus. "O caso está em investigação. Ainda não é considerado suspeito", declarou.

Por meio de nota, ele informa que tem identificado rumores acerca de possíveis suspeitos no Estado e que imediatamente tem acionado os serviços de saúde local para esclarecimentos e tomada de medidas.

"Informamos que todos os casos alvo de rumores de suspeitos de coronavírus foram verificados e até o momento nenhum caso foi enquadrado nas definições preconizadas pelo Ministério da Saúde", pontua a nota.

A secretária, por sua vez, informa que todos os exames necessários para a confirmação foram realizados e o paciente encontra-se em quarentena, porém em sua própria residência. Informações pessoais sobre o paciente não serão reveladas.

As amostras recolhidas do paciente serão encaminhadas nesta quinta (27) para um laboratório do governo estadual localizado em Cuiabá. "A primeira coisa que fizemos foi notificar o caso, contatamos o escritório regional, que está nos ajudando. Todas as orientações foram seguidas. Ligamos e eles nos atenderam e nos orientaram", prossegue a secretária.

Deise destaca que, por enquanto, trata-se apenas de uma suspeita e não há motivo para alarde. "As pessoas não precisam ficar alarmadas. Casos suspeitos são notificados no país todo. Pedimos que as pessoas não se alarmem, mas tenham atenção nas medidas preventivas como lavar as mãos, usar álcool gel, evitar lugares com aglomeração de pessoas. Essas medidas simples nós vamos intensificar daqui pra frente".

Por: gazeta digital