oral sin
Especial | VARIEDADES

12 de Março de 2020 ás 08:29:00

Por vídeo, Bolsonaro lança coronel ao Senado: “Entra para vencer”

Presidente pediu espaço em partido para lançar sua candidata na disputa em Mato Grosso

(Foto: Assessoria)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lançou, na noite desta quarta-feira (11), a tenente-coronel PM Rúbia Fernanda de Oliveira Santos (Patriota) como candidata na eleição suplementar ao Senado, marcada para ocorrer em 26 de abril.

O evento ocorreu no Ginásio Verdinho, na entrada do CPA I, em Cuiabá. Bolsonaro participou por meio de uma transmissão ao vivo, de Brasília.

 

Além dela, a chapa será composta pelo ex-deputado federal Victório Galli – derrotado na tentativa de reeleição em 2018 – e o 2°tenente Luciano Esteves Correa Costa. Eles serão primeiro e segundo suplente, respectivamente.

Classificada como “cristã, mulher e policial”, Rúbia tem, segundo Bolsonaro, condições de vencer a disputa.

“Este espaço tem que ser preenchido por uma pessoa de qualidade. A altura do povo de Mato Grosso. Há poucos dias comemoramos o dia internacional da mulher e, neste momento, está posicionada aí uma mulher. É uma mulher, policial e cristã. E com esses pré-requisitos, a nossa candidata entra nessa disputa para vencer”, disse ele.

Bolsonaro disse que ajudará como for possível na vitória da coronel. Ele deve, inclusive, vir a Mato Grosso em data ainda a ser definida.

“É um nome de peso. É um nome que honrará a todos de Mato Grosso. Ela é cristã, mulher e policial. Eu estou pronto para ajudá-la no que for possível. Mas sei que o grande trabalho virá de vocês que estão aí. É o trabalho de rua, de ligar ao vizinho, amigo, nas mídias sociais, fazer vídeos e pedir voto para ela”, disse.

Em conversa com a imprensa, a coronel Fernanda afirmou que o presidente ligou há um mês para convidá-la a ser candidata ao cargo.

O próprio presidente foi quem pediu aos líderes do Patriota para “emprestar a sigla” para que ele a lançasse na disputa. Isso porque, seu partido, Aliança pelo Brasil, ainda não saiu do papel.

“Eu quero agradecer a Deus, ao presidente Jair Bolsonaro. E é com ele que vou cumprir a missão que foi me dada. A minha campanha é para mudar Mato Grosso. É para mudar o Brasil. É para ser a renovação. Porque Jair Bolsonaro representa a mudança em nosso País”, disse a coronel.

Ele disse que, caso eleita, defenderá as pautas de Bolsonaro no Congresso.

“A minha primeira proposta é apoiar o meu presidente em tudo o que for necessário para fazer meu País e meu Estado crescer. Eu acredito no povo de Mato Grosso. Porque eu sou uma cidadã e quero um Estado melhor. Eu quero um Estado que tenha futuro. E eu acredito no meu presidente”, disse.

Por: Mídia News