JBS Faz o Bem
Especial | VARIEDADES

27 de Março de 2020 ás 17:28:00

Pastor e esposa são presos por insistirem com culto em igreja

A denúncia foi feita por um dos moradores que informou a aglomeração de pessoas

(Foto: Divulgação)

Um pastor e sua mulher foram presos pela Polícia Militar nessa quinta-feira (26), após realizarem um culto na Igreja em Vila Rica (a 1.116 quilômetros de Cuiabá). De acordo com a PM, o homem tem 34 anos e a mulher 31 anos, informaram aos policiais que estariam seguindo as regras e que foram comunicadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que incluiu as igrejas como atividades essenciais e poderiam funcionar durante a quarentena de combate ao coronavírus.

O Covid-19 já causou 92 mortes registradas no país. A denúncia foi feita por um dos moradores que informou a aglomeração de pessoas.

Momentos antes, o pastor teria sido orientado sobre os decretos do Município e do Estado que fala das medidas temporárias e restritivas por conta do risco de disseminação do Covid-19. O casal deveria encerrar o culto e pedir para que a população voltasse para suas residências.

No entanto o pastor teria desobedecido a ordem e dito que os policiais estavam errados. Sua mulher desmereceu o trabalho policial e contou que iria processar os militares.

 
 

A PM apreendeu o celular que teria sido utilizado para gravar toda a ação. A PM informou que o casal teria resistido a prisão e tiveram que serem encaminhados algemados.

O caso teria sido acompanhado por um fiscal da Prefeitura de Vila Rica.

Por: Folha Max