JBS Faz o Bem
Especial | VARIEDADES

Nortão

30 de Março de 2020 ás 14:26:42

Pai acusado de matar o filho em Nova Santa Helena é solto por estar em grupo de risco

O homem foi preso em fevereiro do ano passado em Nova Santa Helena

A juíza Thatiana dos Santos determinou a soltura do homem acusado de matar o filho, Edson Cordeiro, 35 anos, em janeiro do ano passado, na comunidade Bom Jaguar, a cerca de 30 quilômetros de Marcelândia (165 quilômetros de Sinop). A justificativa é de que o homem de 68 anos está no grupo de risco do novo coronavírus.

“Assim, considerando-se que nesta data já foi encerrada a instrução processual, faltando tão somente as alegações finais pela defesa, constata-se a necessidade especial para revogação da preventiva do acusado, que não poderia ser suprida no local em que encontra-se. No caso versado, estamos diante de uma pandemia em nível mundial, sendo que, a unidade prisional não possui local adequado para manutenção do réu, eis que se trata, repito, de integrante de grupo de risco”, disse a magistrada.

O homem foi preso em fevereiro do ano passado, em Nova Santa Helena, após a Polícia Civil ouvir de testemunhas que ele não tinha um bom relacionamento com o filho. Denunciado por homicídio qualificado, cometido por motivo fútil, e também por fraude processual, o réu estava, há mais de um ano, no presídio Osvaldo Florentino Leite, o “Ferrugem”.

Conforme Só Notícias já informou, Edson foi encontrado morto por policiais militares, em uma residência. De acordo com informações registradas no boletim de ocorrência, ele morreu no local e visualmente foi identificado um golpe de faca na região do abdômen.

Ainda de acordo com o documento policial, o pai contou que estava  assistindo televisão quando foi chamado pelo filho para ver “o que ele tinha feito”. Ao chegar na área, o encontrou esfaqueado. Ele também informou aos policiais que Edson teria ingerido muita bebida alcoólica durante o dia.

Por: Só Notícias