JBS Faz o Bem
Especial | VARIEDADES

28 de Abril de 2020 ás 08:20:39

Nortão: Polícia Civil realizou operação de combate a roubo de defensivos e prende 4 pessoas

Outros nove suspeitos de integrar a organização criminosa foram identificados e presos

(Foto: Polícia Civil - MT)

Quatorze mandados judiciais foram cumpridos pela Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), na manhã de ontem segunda-feira (27.04), nos municípios de Sorriso e Sinop em investigação de crimes de roubos e furtos de defensivos agrícolas. 

Dos sete mandados de prisões preventivas decretados, quatro foram cumpridos, além das sete buscas e apreensões domiciliares realizadas. As prisões e buscas dão continuidade às investigações conduzidas pela GCCO sobre uma organização criminosa identificada como responsável pela prática de diversos roubos majorados de defensivos agrícolas em fazendas da região do médio norte de Mato Grosso. Os mandados foram deferidos pelo juízo da Vara do Crime Organizado da Comarca de Cuiabá  - 7ª Vara Criminal de Cuiabá.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, na cidade de Sorriso foram apreendidas com dois investigados duas armas de fogo (um revólver calibre 38 e de uma pistola calibre 380), totalizando nove armas de fogo apreendidas. 

Outros nove suspeitos de integrar a organização criminosa foram identificados e presos anteriormente, na segunda fase da operação realizada no início deste mês, quando uma carga de defensivos, avaliada em mais de R$ 200 mil reais, foi recuperada integralmente, além da apreensão de armas e drogas.

Os presos serão interrogados pelos delegados Juliana Chiquito Palhares e Frederico Murta. O material apreendido será analisado durante as investigações que prosseguem na GCCO.Conforme o delegado titular da GCCO, Flávio Henrique Stringueta, além dos localizados e presos nesta segunda-feira (27), dois investigados que tiveram as prisões preventivas decretadas estão desaparecidos e, conforme investigações, estariam envolvidos em um confronto armado na cidade de União do Sul (MT) ocorrido dias atrás.

"A meta da Polícia Civil é atrapalhar, senão acabar, com essa modalidade criminosa, qual seja, roubo e furto de defensivos agrícolas, que vem trazendo enormes prejuízos ao agronegócio mato-grossense, força motriz da economia do nosso estado", destacou o delegado Flávio Stringueta. 

A operação deflagrada nesta segunda-feira contou com apoio de policiais civis da Delegacia de Sorriso, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Sinop,  da Delegacia de Matupá, da Delegacia Regional de Guarantã do Norte e da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil.

Por: Assessoria