oral sin
Especial | VARIEDADES

04 de Maio de 2020 ás 14:11:05

Vizinho acusa desafeto de ter caso com mulher de pastor e chama PMs para briga

Caso foi registrado durante a tarde desse domingo

Briga entre vizinhos por causa de ‘barulhos’, durante a tarde desse domingo (03), terminou com ameaças e acusação de que um dos homens envolvidos na discussão estava mantendo um caso e fazendo sexo com a mulher do pastor. O caso foi registrado no bairro 24 de Dezembro, em Várzea Grande.

A Polícia Militar (PM) foi acionada por meio do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para intervir numa briga de vizinhos.

No local, a vítima disse que o vizinho escutou ‘som alto’ durante todo o dia e ele não disse nada, não reclamou para não causar briga, porém, por volta das 16h, ao mexer no quintal de casa, arrumando ‘coisas’, o acusado teria reclamado e começado a xingar.

O homem teria alegado que o vizinho passou o dia com som alto e agora estaria reclamando por causa de barulhos na parede. O ‘encrenqueiro’ teria negado e continuado a discutir e fazer xingamentos.

Os militares chegaram ao endereço e viram os envolvidos ‘brigando’ na rua, quando o agressor teria acusado o vizinho dizendo: “você é um safado que tem relações sexuais com a mulher do pastor”.

A guarnição pediu calma ao homem, que fora de controle desacatou os policiais e disse que se os militares fossem homens que tirassem a farda e entrassem em sua casa.

Os policiais precisaram usar de força física para conter o homem e algemá-lo.

Durante o trajeto até a Central de Flagrantes o acusado ainda ameaçou o vizinho e disse “isso não vai ficar assim”.

Na unidade militar a ocorrência foi registrada por crime de difamação, calunia, resistência, ameaça, desobediência, desacato e encaminhada junto ao acusado à Delegacia de Polícia Civil, onde o agressor foi ouvido pelo delegado de plantão e ficou detido aguardando os procedimentos cabíveis ao caso.

Por: Reporter MT