JBS Faz o Bem
Especial | VARIEDADES

12 de Maio de 2020 ás 08:38:30

Mulher é morta a facadas por atirar no pescoço de neto do marido

O caso aconteceu na tarde de domingo (10), na cidade de Querência.

(Foto: Ilustração)

Mônica Silva de Oliveira, de 36 anos, foi assassinada a golpes de facas, no domingo (10), após dar um tiro no neto do seu marido, um menino de 13 anos. O caso aconteceu na cidade de Querência (959 km da Capital).

A mulher queria matar o marido, momento em que o neto entrou na frente para proteger o avô e acabou sendo atingido.

A Polícia Militar (PM) foi acionada via Ciosp, em que foi informado que uma das vítimas estava sendo levada para o Hospital Municipal.

Uma guarnição foi encaminhada para a unidade de saúde e chegou ao momento em que o menor de idade dava entrada com um ferimento no pescoço, causado pelo tiro.

O padrasto da vítima informou que eles almoçavam na casa do sogro, avó do menino, e que a esposa do mesmo estava bêbada e pegou uma arma de fogo e disparou contra o adolescente.  Ele contou que não presenciou os fatos, somente levou o menor para atendimento médico.

A Polícia Civil foi até a residência, onde o crime aconteceu, e isolou a área e acionou a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

Aos policiais civis, as testemunhas relataram que ocorria um almoço de família na casa de Mônica e do companheiro. Bêbada, a mulher pegou uma arma e atirou contra o esposo, momento em que o neto entrou na frente e foi atingido.

Em seguida, o companheiro perseguiu a esposa pelo quintal e a esfaqueou por ter atirado em seu neto. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O homem fugiu e ainda não foi encontrado.

A Delegacia de Polícia de Querência investiga o caso.

Por: Repórter MT