oral sin
Notícias | Colíder

07 de Novembro de 2019 ás 14:07:16

Técnicos da Empaer participam curso de capacitação sobre o Programa Global REDD

(Foto: Divulgação)

Os técnicos dos escritórios regionais da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) em Colíder, Altar Floresta e Sinop participaram nesta quarta-feira (6.11), em Colíder, de um curso de capacitação sobre o Programa Global REDD for Early Movers (REM), uma iniciativa dos governos da Alemanha e Reino Unido que remunera serviços ambientais comprometidos com a redução de emissões de CO2 por meio de ações de conservação de florestas.

No Brasil, os recursos são administrados pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). Nos municípios das regiões de Colíder, Sinop e Alta Floresta o dinheiro será utilizado para garantir assistência técnica contínua nas propriedades dos agricultores familiares interessados em aderir ao programa.

Em Mato Grosso, 40% dos cerca de R$ 180 milhões disponibilizados pelo programa global são destinados ao fortalecimento institucional do governo estadual e para complementar ações já realizadas pelo Estado para combater o desmatamento e valorizar a floresta em pé. Os outros 60% são repartidos em quatro subprogramas, sendo 17% para projetos de produção sustentável, 22% para povos indígenas, 41% para agricultura familiar e 20% para agricultura familiar e povos tradicionais em outros biomas.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ronaldo Vinha, diz que o programa global vem para contribuir com Colíder e os municípios da região e fomentar a produção agrícola ambientalmente sustentável. “Ajuda, principalmente, as pessoas da agricultura familiar. Na verdade, é uma compensação ambiental desses países, a Alemanha e o Reino Unido, que já degradaram as suas florestas. É importante para orientar o produtor, incentivar a conservação dos recursos naturais e desenvolver a economia rural”.

CAPACITAÇÃO TÉCNICA

A capacitação de técnicos realizada em Colíder, segundo a diretora técnica da Empaer, Selma Morais, pretende incrementar a assistência técnica com informações de conservação ambiental. “O propósito é levar diretrizes e dar uma assistência técnica mais incisiva na área de produção com foco sempre na questão ambiental. Esse é um pagamento que eles {REM) estão dando para oportunizar a esses produtores uma conscientização para melhorar a sua situação produtiva, sempre respeitando o meio ambiente”.

O engenheiro agrônomo da Empaer, Osmano de Freitas Silva, relata que Colíder foi escolhido para sediar essa capacitação – que inclui as regionais de Alta Floresta e de Sinop – por ser um município que favorece o foco do curso. “O objetivo é capacitar os técnicos para colocar o programa REM nessa região que engloba Alta Floresta e Sinop. Com esse aporte de recursos do programa global, nós vamos oferecer assistência técnica com foco na sustentabilidade das atividades, que envolve preservação e conservação dos recursos naturais, com um olhar mais cuidadoso às matas e aos cursos de água. O principal objetivo é esse”, explica.

BENEFÍCIOS PARA A PROPRIEDADE

Leonardo Santos é coordenador do Programa de Agricultura Familiar do REM. Segundo ele, esse curso em Colíder é uma preparação para que os técnicos da Empaer possam apresentar às famílias agricultoras dos municípios incluídos no programa global a forma como os benefícios serão levados às propriedades e para os municípios.

“Os benefícios diretos, nesse primeiro momento, serão a prestação de assistência técnica contínua. O que o programa REM visa são as reduções do desmatamento e a implantação de boas práticas nas cadeias produtivas da agricultura familiar. E, para isso, nós precisamos de um bom preparo dessas propriedades que queriam ser beneficiadas. E aqui, em Colíder e região, nós temos as cadeias produtivas do leite e da fruticultura. Então, esses vão ser os focos da assistência técnica rural aqui”, explica Leonardo.

Para o vereador Alencar Pereira, a capacitação dos técnicos da Empaer com informações do programa REM vai promover a preservação ambiental na propriedade rural sem prejudicar a renda familiar do agricultor. “E a gente vê como positivo esse novo olhar que a Empaer começa a ter sobre a agricultura familiar. E aqui em Colíder eu vejo uma grande vantagem sobre isso aí [o programa REM]. E esse encontro aqui em Colíder é um passo importante para os municípios onde esse programa será implantado”, avalia o parlamentar.

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!

Todos os campos deve ser preenchidos
comentários
Sem comentários