rei do pano
Notícias | Geral

06 de Dezembro de 2018 ás 07:25:03

Comitê Multi-Institucional de Colíder visita Associação de Catadores de Materiais Recicláveis

O Comitê Multi-Institucional de Colíder, representados pelo presidente do Comitê, o Juiz do Trabalho Mauro Roberto Vaz Curvo e Clodoveu Bernardes Filho, Diretor da Vara do Trabalho de Colíder, fizeram uma visita à Usina de Triagem e Compostagem da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Colíder, ACMAR.

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis é referência em todo o estado de Mato Grosso e o Comitê contribuiu com a aquisição de equipamentos de proteção (EPIs), além de uma Empilhadeira, um Prensa, uma Correia Transportadora e uma Correia Elevatória.

Antes da aquisição desses equipamentos a forma de trabalho era extremamente perigosa e insalubre, pois todo a produção era feita sem equipamentos de proteção (EPIS) e de forma improvisada, com destaque para o carregamento manual dos fardos de materiais recicláveis.

O Juiz do Trabalho Mauro Roberto Vaz Curvo em sua fala destacou que os projetos aprovados pelo Comitê Multi-institucional em prol da ACMAR traz benefícios para toda a sociedade de Colíder, uma vez que que além de promover a geração de renda de famílias em vulnerabilidade social, traz benefício para o meio ambiente com a coleta dos materiais e a posterior reutilização destes.

O Juiz mencionou, ainda, que é objetivo da Justiça do Trabalho promover o trabalho seguro. Segundo ele, foi criado no âmbito da Justiça do Trabalho de Mato Grosso, um grupo de trabalho interinstitucional (GETRIN23) que visa contribuir com a implementação de políticas públicas e promover o diálogo com a sociedade e entre instituições públicas e privadas, realizando o intercâmbio de informações para fiel cumprimento das normas de saúde e segurança no trabalho.

Assim, em sua fala, concluiu o Dr. Mauro Vaz Curvo, que o fornecimento de equipamentos de proteção e maquinário adequado aos catadores tem como escopo garantir que os trabalhadores possam desempenhar as suas atividades de forma segura, salubre, protegida e adequada, evitando acidentes e doenças ocupacionais, garantindo melhor qualidade de vida destes.  


Clodoaldo Gonçalves, presidente da ACMAR, recepcionou os visitantes e mostrou todas as áreas de produção, os maquinários adquiridos e a forma com que os trabalhos são executados. Esses equipamentos novos, automatizados e eficazes facilitam o desempenho das atividades das 18 famílias que trabalham no local. Dando um suporte melhor, oferecendo menos riscos e mais segurança, gerando mais empregos, evitando doenças ocupacionais e diminuindo o desgaste físico. Uma vez que, as atividades, eram totalmente braçais e tinham o contato direto com o lixo.

“Somos muito gratos ao Comitê e a Vara do Trabalho de Colíder, nós vivemos deste trabalho e passamos muitas dificuldades e é muito gratificante ver que tem pessoas que olham pela gente” Ressaltou com alegria Clodoaldo Gonçalves. “Trabalhamos aqui mais de 10 anos, e nestes últimos 2 anos conquistamos tantas coisas e isso é maravilhoso” Disse Maria de Oliveira muito emocionada.

A entidade é de muita importância não só para o município de Colíder, e sim para todo o estado, os trabalhos executados por eles muitas vezes não tem o reconhecimento merecido pela população, porém é algo que beneficia a todos, gerando benefícios ao meio ambiente, e ao próprio ser humano citando a diminuição e a prevenção de riscos na saúde pública, pois os resíduos não são destinados ao aterro sanitário e com isso não contamina o solo, os rios e o ar, que indiretamente causariam doenças e também não favorece a proliferação de agentes patogênicos que causam doenças diretamente.

A reciclagem também gera vantagens econômicas como a economia de recursos naturais, diminuição de gastos na limpeza urbana, no tratamento de doenças, controle da poluição, na construção de aterros sanitários, na remediação de áreas degradadas, com a energia elétrica, entre outros, além, de gerar empregos, tanto para a população não-qualificada quanto para o setor industrial.

Fonte: Assessoria

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!

Todos os campos deve ser preenchidos
comentários
Sem comentários