rei do pano
Notícias | Geral

09 de Janeiro de 2019 ás 14:09:00

Corredor deficiente físico sonha com prótese para ser reconhecido como atleta

Um verdadeiro exemplo de superação. Assim é Cristiano Correia de Souza, 27 anos, morador de Lucas do Rio Verde, que encontrou nas corridas a força necessária para superar a depressão de ter perdido uma das pernas.

O acidente ocorreu no Ceará, há três anos, quando ele foi visitar a família. Foi atropelado por um carro dirigido por um motorista embriagado e perdeu a perna esquerda. Ficou hospitalizado por quatro meses e teve que passar mais um ano no Ceará para se recuperar totalmente.

Quando retornou a Mato Grosso, com sintomas de depressão, soube que haveria em Lucas do Rio Verde uma corrida na cidade. “Então fiquei animado com a possibilidade de poder participar mas ainda assim não tinha como pois não tinha uma cadeira de rodas. Então me falaram sobre uma entidade chamada Rotary Club que emprestava muletas e cadeiras de rodas. Consegui uma emprestada e assim participei da minha primeira corrida”, contou ele.

Desde então, ele pegou gosto pelas corridas e já participou de várias em cidades como Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Goiânia, Curitiba, Campo Grande, Fortaleza e São Paulo, sempre de muletas. O maior sonho do atleta é adquirir uma prótese para sua perna, que está orçada em cerca de R$75 mil.

Para isso, busca patrocinadores e apoiadores para realizar seu sonho e ser reconhecido como atleta pelo comitê paraolímpico brasileiro. Quem puder ajudar, pode entrar em contato com o atleta pelo fone 88-9292-9228.

Fonte: Nortão Online

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!

Todos os campos deve ser preenchidos
comentários
Sem comentários