Movimento antivacina no Brasil cresce e doenças erradicadas estão retornando

Foto por: Assessoria

20/09/2022 às 07:05

Autor: Rosane Argenta

A cobertura vacinal no Brasil não tem atingido as metas por conta do Movimento Antivacina.


Segundo pesquisa divulgada na 24ª Jornada Nacional de Imunizações de dados coletados de crianças nascidas entre 2017 e 2018, 16% dos brasileiros consideram desnecessário aplicar nos filhos vacinas contra doenças que já não circulam mais no país, que estavam erradicadas.


Mais de 38 mil pessoas entrevistadas apontam que por desinformação e a falta de campanhas educativas esteja proporcionando essa queda de cobertura vacinal desde 2015.


E sem a cobertura vacinal o país pode entrar em surtos de doenças como a poliomielite, doença que foi erradicada em 1989, graças à ampla cobertura vacinal em todo o território, porém agora sem que os pais levem os filhos para receberem as doses, pode sim reaparecer.


Um exemplo dessa realidade é com o Sarampo que teve vários casos novamente reaparecendo no país. Doença que antes estava eliminada do Brasil sem casos desde 2016.


Um alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) feito em 2019 diz que não vacinar é uma das 10 principais ameaças à saúde global.


Precisamos sensibilizar as pessoas que hesitam em vacinar seus filhos e completar o esquema vacinal para que doenças erradicadas não voltem a assombrar o pais.

Como se já não bastassem as novas doenças epidêmicas como Covid-19 e Varíola dos Macacos que estão com os vírus circulante.


Não acredite em fake News. Vacina é importante, dê sua contribuição pela saúde do país e leve seu filho para vacinar.

Rosane Argenta é diretora executiva da Franquia Saúde Livre

Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

O CAPTCHA abaixo oferece proteção contra entradas digitais remotas garantindo que somente um ser humano possa registrar manifestações. Clique na opção abaixo "Não sou um robô" para que seja feito o teste de segurança via áudio ou imagem

Enviar comentário