Dança das cadeiras: confira como ficou a situação partidária dos vereadores de Colíder

Política

06/04/2020 às 09:39

Autor: Angela Fogaça

Iniciou no dia 05 de março e terminou no dia 03 de abril, o período chamado de “janela partidária”, no qual vereadores que pretendem concorrer à reeleição ou ao cargo de prefeito nas Eleições Municipais de 2020 podem mudar de partido sem correr o risco de perder o mandato eletivo.

O prazo para troca de legenda encerra-se seis meses antes da realização do primeiro turno do pleito, marcado para 4 de outubro.

Em Colíder, os vereadores já estão em situação definida para o próximo pleito eleitoral. A situação na câmara municipal ficou da seguinte forma: PSD ficou com cinco vereadores  (Zé Moreira, Rica Matos, Marquinhos Aragão, Alencar Pereira e Ruam Batista)  e forma a maior bancada, seguido pelo DEM com quatro vereadores.

O DEM na verdade, perdeu o vereador Alencar Pereira e ganhou os vereadores Lika e Luciano Milani, além de continuar com Jaime Lima e Dóris Sguizardi.

O MDB tinha dois vereadores, Pernambuco Filho e Luciano Milani e ficou apenas com Pernambuco.

O vereador Beto Santos permaneceu no PSDB e a vereadora Edina permaneceu no PT. Ruam saiu do PTB e agora integra a bancada do PSD. O vereador Denny Michel Rodrigues saiu do PROS e está agora filiado ao Podemos.

Fonte: Nortão Online


Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário