Agrônoma, influenciadora por trás do @ixpiadicacuiaba começou carreira por hobby e nunca imaginou sucesso

Geral

16/01/2022 às 07:10

Se fosse perguntada sobre a possibilidade de falar para mais de 85 mil pessoas diariamente, a cuiabana Débhora Padilha provavelmente recusaria a oferta por conta de sua timidez. Entretanto, o alto número de seguidores sequer foi cogitado quando ela criou a conta @ixpiadicacuiaba, uma das principais da capital mato-grossenses no Instagram que traz dicas de locais interessantes e programas de lazer.

A conta no Instagram começou como um hobby em parceria com duas amigas que, após voltarem de uma viagem, reclamaram que Cuiabá não tinha muitos programas diferenciados para fazer. Débhora tentou provar o contrário e tentou encontrar contas que reunissem dicas para mandar para suas amigas, mas não encontrou. Então pensou: por que não?

Ela fez um projeto e apresentou para as amigas que embarcaram na ideia, mas apenas durante um mês. Por acreditar na conta, Débhora seguiu sozinha dando dicas do que fazer na capital mato-grossense e cerca de sete meses depois começou a aparecer nos Stories — publicações do Instagram que somem após 24h. Quem vê a desenvoltura da influenciadora hoje, jamais poderia imaginar que, naquela época, foi um pouco difícil por conta de sua timidez.

A conta deu seus primeiros passos quando Débhora ainda estava fazendo mestrado em economia e, inclusive, trabalhava na área — ela tem diploma em agronomia e economia. Quando acabou o mestrado, começou a cogitar transformar a conta do Instagram como sua principal renda e, incentivada pelo marido — noivo na época — apostou todas as fichas na carreira de influenciadora digital. Isso aconteceu em 2019.

Débhora relata que entre a criação da conta até a decisão de dedicar-se exclusivamente a ela não ganhou um centavo. Todo o investimento era próprio e somente anos mais tarde começou a ter um retorno financeiro, por meio de algumas parcerias. Ela atribui isso à dedicação que tem com a conta.

“Não tinha remuneração. Eu fazia as coisas de forma espontânea, como modo de ajudar e agregar meu público. Então, entre 2017 e 2019 não recebi. Depois que comecei a me tornar profissional. Mudei e fiz conteúdos mais intensos. Tem dado super certo. É uma coisa que eu me encontrei e acredito ser uma grande paixão na minha vida. Não sabia que era muito comunicadora. Foi construído aos poucos".

Com a carreira de influenciadora digital nos trilhos, Débhora não cogita voltar para suas áreas de formação, mas enxerga a economia e a agronomia como um porto seguro caso for necessário. “O Instagram é uma rede social, então a gente não sabe o que vem depois disso. Então tenho a segurança de ter essas outras duas profissões que se por acaso acontecer algo — Deus queira que não — eu voltaria a trabalhar”, pontua ao Olhar Conceito.

Fonte: Olhar Direto


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário