Tristeza

Cachorro morre ao ser esquecido dentro de carro de pet shop

IRIA TOMAR BANHO

Nortão

30/11/2021 às 10:16

Um cachorro da raça Lhasa Apso morreu após passar horas preso dentro do carro de um pet shop, na avenida Porto Alegre, na cidade de Sorriso (400 km de Cuiabá), O episódio foi registrado no último sábado (27) e os tutores se quem conseguiram se despedir do animal. 

Paçoca, como é chamado pelos donos, teria sido entregue ao pet shop para tomar banho pela manhã. Por volta das 13h, a esposa teria pedido ao marido que ele procurasse informações sobre o animal, já que teria passado do horário previsto para retorno de Paçoca.
 
Ao entrar em contato com o pet shop, os responsáveis descobriram que o dono teria ligado para uma clínica veterinária para que Paçoca fosse socorrido, pois o responsável pelo estabelecimento teria esquecido o cachorro preso dentro do carro, no calor e sem ventilação.

“A última vez que vi meu cachorro foi quando ele saiu de casa para ir tomar banho, todo feliz e eu não vou mais vê-lo. A gente ama muito o Paçoca e foi nos tirado este direito de nos despedir dele. Foi uma crueldade, meu cachorro deve ter sofrido muito esperando pela gente. Quando a gente conseguiu contato com o responsável pelo pet shop, ele disse que sentia muito, que entendia nossa dor e ele mesmo já preparou a cremação do animal, sem nos dar o direito de nos despedir”, disse a dona de paçoca em entrevista ao site JK Notícias.

Em uma carta aberta publicada no Instagram, a dona de Paçoca contou um pouco de como o animal entrou na vida dela e do esposo. Ela também lamentou a morte do cachorro.

“Se eu pudesse imaginar que isso se tornaria o meu maior pesadelo eu não teria mandado ele. Meu Paçoca, de tão bonzinho que era foi esquecido dentro do carro do pet shop e não resistiu, nós deixando com um buraco enorme no peito. Você veio para nos dar amor e felicidade. Te amo pra sempre, nosso grudinho”, diz trecho da publicação.
Fonte: Olhar Direto


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário