Colíder suspende vacinação de gestantes ou puérperas com a AstraZeneca

Município segue determinação da Anvisa

Coronavírus

11/05/2021 às 13:46

Autor: Angela Fogaça

Após a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na manhã desta terça (11), a vacinação de gestantes ou puérperas, com a vacina AstraZeneca foi suspensa em Colíder.

A recomendação vem depois que o Ministério da Saúde confirmou a investigação de um caso adverso que resultou na morte de uma gestante no Rio de Janeiro que teria sido vacinada com a AstraZeneca, que é produzida pela Fiocruz em parceria a Universidade de Oxford.

A orientação da Anvisa é que a indicação da bula da vacina da AstraZeneca seja seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Esta recomendação é resultado do monitoramento de eventos adversos feito de forma constante sobre as vacinas contra Covid em uso no país.

O uso off label de vacinas, ou seja, em situações não previstas na bula, só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente. A bula atual da vacina contra Covid da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina por gestantes sem orientação médica.

A vacina vinha sendo usada em gestantes com comorbidades desde abril, conforme orientação também do Ministério da Saúde. Agora, só podem ser aplicadas nas grávidas a CoronaVac e a vacina da Pfizer.

 

 

Fonte: Nortão Online


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

O CAPTCHA abaixo oferece proteção contra entradas digitais remotas garantindo que somente um ser humano possa registrar manifestações. Clique na opção abaixo "Não sou um robô" para que seja feito o teste de segurança via áudio ou imagem

Enviar comentário