Confirmados seis casos da ômicron em MT

Coronavírus

06/01/2022 às 13:21

Nova variante da covid-19, a ômicron, já está em circulação em pelo menos 3 cidades de Mato Grosso. É o que aponta levantamento do Instituto Todos pela Saúde (ITpS), sendo três casos em Cuiabá, dois em Sinop e um em Várzea Grande. A pesquisa do ITpS é resultado da análise de 30.483 exames da covid-19 realizados no mês de dezembro em duas redes de laboratórios, em 16 unidades da Federação, e confirmou a detecção da variante em pelo menos 8 estados.

Em Mato Grosso, foram 826 análises de testes RT-PCE Especial, das quais 21,5%, ou seja, 28 deram positivos para SARS-CoV-2 e 6 são prováveis para ômicron. Também foi constatada a presença da nova mutação em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Goiás, Santa Catarina e no Tocantins.

Segundo o levantamento, dentre os mais de 30 mil testes analisados pelos laboratórios, 640 (2,1%) deram positivo para o novo coronavírus. Destes, 203 (31,7%) são da nova variante, a maioria no Rio de Janeiro e São Paulo. Segundo o ITpS, como não houve sequenciamento genético das amostras, provavelmente os municípios e os estados não possuem esses casos computados como da nova variante.

Diretor-presidente do ITpS, o imunologista Jorge Kalil afirma que os dados servem de alerta para o poder público e para a população. Lembra que além da circulação da variante ômicron, temos o vírus da gripe H3N2, que também pressiona o sistema de saúde.

O médico chama a atenção para a necessidade de avançar na vacinação, além da manutenção das medidas de biossegurança. É urgente que os brasileiros completem o ciclo de vacinação contra a covid-19, incluindo a dose de reforço, e não abandonem a máscara, a higiene das mãos e o distanciamento social.

Municípios e Estado

Em Várzea Grande, o secretário de Comunicação Pedro Marcos Lemos confirma que há pelo menos 7 casos em investigação, inclusive entre profissionais da área médica, mas que até o momento não houve nenhuma confirmação. Já foram feitos inúmeros testes, mas descartados. Agora temos 7, mas esse número muda muito.

Ainda assim, segundo Lemos foi determinado às unidades de saúde que redobrem as atenções para os pacientes com sintomas gripais. Com férias, viagens no fim de ano, sabemos que é apenas uma questão de tempo.

Em Cuiabá, a Secretaria Municipal Saúde não confirma caso da ômicron e nem investigação em relação à nova cepa em andamento.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que realiza, por meio do Laboratório Central do Estado (Lacen), sequenciamento genético para identificar variantes da covid-19 em Mato Grosso, no entanto, até o momento, a unidade especializada não identificou nenhum caso suspeito ou confirmado da ômicron no Estado.

Fonte: Gazeta Digital


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário