Fazenda do Nortão é alvo da PF por manter trabalhadores alojados em curral com morcegos

Nortão

22/09/2022 às 07:21

A Polícia Federal em ação conjunta com o Ministério Público do Trabalho, deflagrou nesta quarta-feira (21), a Operação Captare, em uma fazenda localizada na área rural de Nova Bandeirantes.

O objetivo da ação foi de averiguar as condições de trabalho oferecidas aos empregados, inclusive identificar se há trabalho análogo à escravidão neste local, considerando o recebimento de informações neste sentido.

De acordo com o noticiado, os empregados estariam alojados em um curral de gado, trabalhando em jornada exaltante, sem a utilização de EPI’s (equipamentos de proteção individual) e recebendo os salários de maneira atrasada, através de cártulas de cheques, as quais precisam ser trocadas em estabelecimentos comerciais próximos à fazenda, mediante a cobrança de 20% (vinte por cento) do valor nominal.

Durante a ação foi possível verificar que 06 (seis) trabalhadores estavam alojados em um curral, infestado por morcegos no forro, em situação manifestamente precária.

 

 

Sob o aspecto criminal, os infratores poderão responder por condição análoga à de escravo (art. 149 do Código Penal), com pena de até 12 anos de reclusão.

Fonte: Reporter MT


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

O CAPTCHA abaixo oferece proteção contra entradas digitais remotas garantindo que somente um ser humano possa registrar manifestações. Clique na opção abaixo "Não sou um robô" para que seja feito o teste de segurança via áudio ou imagem

Enviar comentário