Natasha recua ao Senado e não disputará as eleições neste ano

Política

07/08/2022 às 06:57

A médica Natasha Slhessarenko (PSB) tomou uma decisão radical após recuar da pré-candidatura ao Senado: não será candidata a nenhum cargo eletivo nestas eleições.

Segundo apurou o MidiaNews, em primeira mão, ela foi forçada a recuar dadisputa após forte pressão do deputado federal Neri Geller (PP), candidato ao Senado, sobre os partidos da federação de esquerda (PT, PCdoB e PV), em especial ao PT.

Até dado momento, Natasha contava com a possiblidade de ter o apoio da federação, já que o pré-candidato a vice de Lula (PT), ex-governador Geraldo Alckimin, pertence ao PSB.

"A pressão da direção nacional do PT para ela desistir do Senado e fechar com o Neri foi absurda. Imagina o que ele deve ter infernizado. Ela e seu grupo tentaram equacionar, mas não foi possível", disse uma fonte à reportagem.

rDiante da impossibilidade de seguir em seu projeto ao Senado, a médica decidiu não disputar a Assembleia Legislativa, como gostariam algumas lideranças do próprio PSB, e nem à Câmara Federal.

"Não há tempo hábil de ela se organizar, estruturar uma base política e eleitoral, obter garantia de recursos", disse a fonte.

"Diante disso, ela decidiu, até o momento, não disputar nada e seguir construindo um projeto para os próximos anos", disse.

Natasha deve convocar uma coletiva de imprensa para a próxima segunda-feira (8).

Fonte: Midia News


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

O CAPTCHA abaixo oferece proteção contra entradas digitais remotas garantindo que somente um ser humano possa registrar manifestações. Clique na opção abaixo "Não sou um robô" para que seja feito o teste de segurança via áudio ou imagem

Enviar comentário