Nova Mutum: abelhas matam cachorros e deixam três pessoas feridas

Geral

03/08/2022 às 07:12

 Um ataque de abelhas deixou três pessoas feridas e matou dois cães, em Nova Mutum (265 km ao norte de Cuiabá), no domingo (31). De acordo com informações de moradores, os insetos invadiram várias casas no bairro Cidade Nova, após um homem realizar a limpeza de um terreno baldio.

Por volta das 15h, a guarnição foi acionada para atender uma ocorrência envolvendo insetos agressivos. De acordo com a ocorrência, várias casas foram tomadas pelas abelhas, inclusive uma confraternização que acontecia em uma madeireira.

Ao fazer a limpeza no terreno baldio, o homem mexeu em um pallet onde o enxame estava. Segundo ele, ao notar as abelhas debaixo da madeira, que estava corberta  com uma lona, os insetos se espalharam pela rua.

Um adolescente procurou a guarnição para avisar que o enxame havia passado por sua casa e a família e dois cachorros haviam sido atacados. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, quatro pessoas foram picadas, mas apenas dois moradores precisaram encaminhados a unidade de Pronto Atendimento do município.

Um soldado do Corpo de Bombeiros também foi ferido na ação e precisou de encaminhamento médico, devido à grande quantidade de picadas, já que abelhas podem ser o estopim para uma crise alérgica e consequente choque anafilático.

Em entrevista ao site Power Mix, o Sargento BM Plínio, que atendeu a ocorrência, relatou que não foi possível isolar o local, devido à grande área que estava sendo atacada.

Não houve tempo de realizar o socorro dos dois cachorros atacados. Devido à grande quantidade de picadas, os animais, um da raça Chow Chow e um Dachshund (popularmente chamada de salsicha) morreram.

Fonte: Reporter MT


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

O CAPTCHA abaixo oferece proteção contra entradas digitais remotas garantindo que somente um ser humano possa registrar manifestações. Clique na opção abaixo "Não sou um robô" para que seja feito o teste de segurança via áudio ou imagem

Enviar comentário