Sinop e Alta Floresta estão entre os 10 melhores municípios para se envelhecer em MT

Mato Grosso

23/11/2020 às 08:00

O que faz uma cidade ser boa para se envelhecer? Segundo o Instituto de Longevidade Mongeral Aegon/FGV é preciso ter acesso à saúde, cultura, habitação e até geração de renda. Em Mato Grosso, 11 cidades entraram no ranking dos 500 municípios de pequeno porte com mais estrutura para se envelhecer.

Em Mato Grosso, mais de 10% da população tem mais de 60 anos e com o aumento da expectativa de vida, nada melhor que procurar locais que ofereçam condições para se viver na terceira idade.

Em primeiro lugar no estado está Cuiabá. No entanto, apesar de ser destaque em Mato Grosso, na comparação com outras cidades pequenas, a Capital mato-grossense fica em 100º lugar.

Em seguida vem Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), que é 189º no ranking geral. O terceiro melhor município para se envelhecer é Várzea Grande (209º no geral), seguido por Sinop (500 km ao norte), que ficou na 230º colocação.

Foram analisados itens como presença de profissionais de saúde, percentual de idosos com plano de saúde, rendimento médio da população, serviços residenciais específicos para idosos, quantidade de cinemas, índice de desenvolvimento humano (IDHM), entre outros.

Confira as 11 melhores colocadas de MT

1º Cuiabá - 100º no ranking geral
2º Rondonópolis - 189º lugar no ranking nacional
3º Várzea Grande - 209º no geral
4º Sinop - 230º no geral
5º Primavera do Leste - 252º
6º Alta Floresta - 269º no país
7º Pontes e Lacerda - 349º no geral
8º Nova Mutum - 355º no nacional
9º Campo Novo do Parecis - 369º
10º Guarantã do Norte - 383º
11º Peixoto de Azevedo - 482º

Fonte: Gazeta Digital


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário