CASO CAÍQUE: Polícia busca informações sobre última pessoa vista com jovem executado

04/08/2022 às 07:51

Autor: Jornal da Cidade

A Polícia Civil de Alta Floresta segue investigando o caso Caíque da Silva Noronha. O jovem de 19 anos foi assassinado, mas o corpo só foi encontrado depois de 13 dias após o desaparecimento da vítima. Já em adiantado estado de decomposição, o cadáver foi achado de bruços, mãos amarradas, calças arriadas e marcas de tiros.


Delegado Thiago Marques, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa disse que o caminho agora é tentar achar uma mulher qual a vítima saiu dizendo que iria encontra-la. “Pedimos para que a população, quem tiver alguma informação, pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone 66 3521 2909 ou whatsapp 66 9981-8232.

Os nomes serão mantidos em sigilo, mas queremos saber quem é essa testemunha para poder seguir com essa investigação e chegar à autoria”, comentou a autoridade policial. Caíque, assim como outros jovens em Alta Floresta, pode ter sido alvo do chamado ‘tribunal do crime’, sentenciado à morte por uma facção.

Ele era do estado do Paraná, cidade de Assaí onde familiares disseram que Caíque teria feito algo errado e se mudou na tentativa de acertar a vida, mas cerca de 15 depois de chegar ao município de Alta Floresta no extremo norte de Mato Grosso, ele saiu de casa na moto de sua tia, foi capturado e executado.

A motocicleta foi encontrada antes, cerca de dias depois, queimada. E a partir daquele momento a polícia passou a receber informações de que a vítima tinha sido morta. O corpo foi encontrado na última sexta-feira.

Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

O CAPTCHA abaixo oferece proteção contra entradas digitais remotas garantindo que somente um ser humano possa registrar manifestações. Clique na opção abaixo "Não sou um robô" para que seja feito o teste de segurança via áudio ou imagem

Enviar comentário